Conhecer o Umphakatsi Village representava para mim ter um contato cultural que agregaria muito a minha viagem à África. No pouco tempo em que estive nesse pequeno povoado localizado na Suazilândia tive a oportunidade de explorar uma comunidade onde a forma de viver em grupo, hábitos, vestuários e crenças religiosas soam raros para nós.

Gosto de conhecer realidades distintas da minha porque elas abrem os olhos para um mundo real que nem fazemos ideia de que existe. Promovem uma mescla de agregação cultural com transformação humana na medida em que nos permite refletir acerca da vida que levamos e valorizar as coisas que realmente são importantes. Isto é tão gratificante!

Uma vez li que quando duas pessoas não falam o mesmo idioma, o sorriso é muito útil. Essa frase nunca fez tanto sentido pra mim!

Umphakatsi Village, Swaziland
Umphakatsi Village, Swaziland

O UMPHAKATSI VILLAGE

No Umphakatsi Village a comunidade é matriarcal, liderada por uma das poucas chefes femininas da Suazilândia. O povo se veste com Capulanas, que são tecidos que circundam o corpo servindo apenas de saia ou podendo cobrir o corpo todo. Em toda Suazilândia as estampas tradicionais referem-se à bandeira e símbolos do Reino ou possuem o rosto do rei Mswati III.

A matriarca do Umphakatsi Village
A matriarca do Umphakatsi Village

A VISITA

A visita consiste numa apresentação montada para o turista que nos permite interagir com os moradores. Antes que você critique isso, pense que essa é a forma que o povoado tem para apresentar sua cultura durante um determinador período tempo. Caso contrário, você teria que passar alguns dias morando com eles para vivenciar as tradições, não é mesmo?

Além disso, o turismo é uma das formas de sustento do povoado, provavelmente até a maior fonte de renda deles. Por isso te peço para enxerga a visita como uma troca: você os estará ajudando financeiramente, recebendo cultura e momentos inesquecíveis.

  • Duração:  1 hora.
  • Custo: ZAR 130 (aproximadamente R$36, mar/2018).
Casa da Matriarca
Casa da Matriarca

O QUE FIZEMOS

Os Umphakatsi mostraram um pouco de suas músicas e danças tradicionais que são parte integrante da vida Suazi como, por exemplo, para ritos cerimoniais de casamento.

Aprendendo alguns passinhos da Suazilândia
Aprendendo alguns passinhos da Suazilândia

Numas das atividades que participei eles cantaram uma canção de ninar pra mim. Fui coberta com pele de Impala e me deram um tipo de travesseiro feito por eles. A pele de Impala é utilizada tanto no inverno como no verão. Usa-se com os pelos para baixo no inverno visando aquecimento e com o couro para baixo no verão para manter a temperatura.

Neste momento cantavam uma canção de ninar
Neste momento cantavam uma canção de ninar

Também contam sobre a religião, mostram onde as crianças estudam e locais onde plantam. Uma das crianças me ensinou a tecer a grama para fazer cestas e esteiras das quais são feitas as típicas cabanas. Pude conhecer objetos utilizados no dia a dia para cozinhar e participei da preparação no processo de moagem de grãos para fazer o alimento básico local dos Suazi, uma espécie de farinha.

Veja os vídeos do momento no Instagram clicando aqui.

Uma tentativa desastrada de tentar fazer farinha
Uma tentativa desastrada de tentar fazer farinha

A matriarca tentou me ensinar algumas palavras da língua Suazi. Foi bem difícil, pois há sons que nunca emitimos em nossa língua. Contudo, mesmo sem estarmos falando o mesmo idioma, a interatividade foi grande, o povoado foi muito receptivo. Uma vez li que quando duas pessoas não falam o mesmo idioma, o sorriso é muito útil. Essa frase nunca fez tanto sentido pra mim!

Umphakatsi Village, Suazilândia
Umphakatsi Village, Suazilândia

No final da visita, oferecem os artesanatos que eles produzem para comprarmos.

COMUNICAÇÃO

Um dos moradores do Umphakatsi Village faz a tradução aos turistas do idioma falado no povoado para o Inglês.

DEMONSTRAÇÃO DE RESPEITO

Lembre-se que é você quem está indo visitar, então deverá respeitar as tradições da casa. No Umphakatsi Village foram duas coisas simples que me pediram:

  1. Não usar roupas curtas. Por esta razão me foi enrolada uma Capulana para cobrir as pernas.
  2. Deve-se cumprimentá-los no idioma deles. Para tanto o guia e o tradutor irão te ensinar algumas palavrinhas.
Meu coração saiu cheio desta visita
Meu coração saiu cheio desta visita

ONDE FICA

O povoado fica dentro da reserva Mlilwane Wildlife Sanctuary, Lobamba, Suazilândia. Para visitá-los é necessário verificar a disponibilidade de vagas e horários com a sua hospedagem. Veja opções de hospedagem clicando aqui.

Crianças brincando pelo povoado
Crianças brincando pelo povoado

Por fim, digo que os momentos que vividos neste povoados jamais serão esquecidos. Obrigada Umphakatsi Village e Suazilândia por encherem meu coração de alegria e minha memória de boas lembranças!

Saiba mais sobre a Suazilândia clicando aqui.