Não se pode negar, Bonito é lindo! Totalmente clichê, mas é a justa forma de se referir a esse lugar.

O principal destino de ecoturismo do Brasil tem cerca de 20 mil habitantes e precisa estar entre nossas indicações de viagem por ser surpreendentemente peculiar. Dois pontos marcaram esse destino para mim, a possibilidade de mergulhar em um aquário (quem dera ser um peixe, lá é possível em límpidos aquários mergulhar!) e a impressionante organização em todos os passeios, os quais relato brevemente a seguir. A circunvizinhança de Bonito é vasta na diversidade de atrativos, sejam suas trilhas, cachoeiras, grutas, mergulhos e flutuações – a cereja do bolo.

Já adianto, se é sombra e água fresca o que você procura, recomendo repensar o destino. Foi uma viagem muito gostosa, mas cansativa. As agências montam um roteiro de passeios sequenciais para otimizar sua permanência por lá. Além disso, as atrações exigem o mínimo de preparo físico e a maratona de acordar cedo todos os dias!

Bonito é um destino que pode ser apreciado o ano inteiro, mas chuva por lá pode significar perder o(s) passeio(s) daquele dia. Sugiro 7 dias inteiros em Bonito, e se vier por Campo Grande, considere 9 dias com ida e volta.

DIA 1 – Chegada em Campo Grande e ida para Bonito

Percurso Campo Grande – Bonito: aproximadamente 3,5 horas.

Hospedagem: Che Lagarto – o hostel é ótimo, atendimento excelente, espaço bem amplo, tem piscina, jardim e churrasqueira, mas poderia ficar mais perto da praça central, que é onde tudo acontece. São só 800m do centrinho, mas acredite, após um dia inteiro de passeio, a nossa percepção de distância é outra! Muito bacana se for alugar carro, mas se estiver a pé, tudo bem, não haverá grandes percursos a fazer.

DIA 2 – Boca da Onça

Trilha com cachoeiras e duração aproximada de 6 horas.
Incluso: pequeno café da manhã e almoço, colete salva-vidas.
Estrutura: restaurante, loja de souvenires, vestiários, 2 piscinas com água corrente, ducha natural, redário e um quiosque de apoio na trilha.
Leve: toalha, vá com roupa de banho e tênis, protetor solar e repelente.
Como funciona: dia inteiro, começa com um pequeno café da manhã, depois o passeio, almoço na volta e por último descanso e sol na piscina.

Cachoeira Boca da Onça - Bonito-MS
Cachoeira Boca da Onça – Bonito-MS

Foi o primeiro da viagem e, sem dúvidas, um dos atrativos mais legais! Um guia conduz o grupo por uma trilha que tem 8 cachoeiras (4 paradas para banho). A principal atração da Cachoeira da Boca da Onça, maior do estado de Mato Grosso do Sul, com 156m de altura, com uma escadaria de 886 degraus, que o grupo vai subir ou descer, dependendo da sorte! Tem a opção de fazer rapel, com um valor adicional, a vista é linda, mas como não sou fã de altura, não fiz.

Valor do passeio sem transporte R$ 218,00.

DIA 3 – Gruta de São Miguel + Gruta do Lago Azul

Gruta/Contemplação com duração de 1,5 hora por gruta.
Incluso: capacete.
Leve: Capa de chuva se o tempo estiver fechado e vá de tênis.
Como funciona: são duas saídas, se for de transporte compartilhado. A van leva para uma gruta e depois para a outra e elas ficam em propriedades diferentes, mas próximas. A duração total é de aproximadamente 4h, entre saída e retorno ao hotel. Na parte da tarde é hora da van busca-lo para o passeio no Aquário Natural.

No 3º dia pegamos muita chuva, desde a madrugada até o início da tarde, por esta razão a Gruta do Lago Azul foi fechada.

Dica: como os passeios de ecoturismo sofrem grande influência do clima, o ideal é ir a Bonito com uma folga de datas, caso ocorra algum imprevisto e a atração seja fechada, você consegue remanejar!

  • Gruta de São MiguelA gruta é bacana, a infraestrutura do local é excelente, inclusive fizemos o passeio com chuva e eles vendiam por R$ 10,00 a capa de chuva, mas foi um passeio que a agência nos enfiou ‘goela abaixo’. Foi ok, mas se você já visitou outras anteriormente e, principalmente, se vai fazer a Gruta do Lago Azul e quiser segurar o orçamento, sugiro que não faça a de São Miguel.
    Valor R$ 50,00.
  • Gruta do Lago AzulNós faríamos na sequência da Gruta de São Miguel, mas em razão da forte chuva, a atração foi fechada. Infelizmente não consegui remarcar esse passeio, apesar da gruta já ter sido liberada no dia seguinte. Conheci pessoas que fizeram o passeio no período em que estive.
Aquário Natural - Bonito-MS
Aquário Natural – Bonito-MS

DIA 4 – Buraco das Araras

Contemplação com duração de aproximadamente 1,5 hora.
Leve: vá de tênis e esteja com repelente e protetor solar.
Como funciona: o passeio contemplativo é composto por uma trilha e parada em 2 mirantes.

O Buraco das Araras é uma formação geológica resultante do desmoronamento de blocos rochosos criando uma enorme cavidade: são 500m de circunferência e 100m metros de profundidade. No fundo do buraco, uma lagoa de água esverdeada, rodeada por mata exuberante. Inclusive vimos um dos jacarés que estão perdidos lá!
São muitas araras-vermelhas nas encostas dos buracos, e é preciso contar com a sorte para vê-las de perto. Não há interferência humana durante os passeios, então existe a possibilidade de não avistar nenhuma delas ou ver bem de longe. O incrível quando elas aparecem espontâneas, gritando – aconteceu comigo – elas surgiram e o passeio ganhou sentido!

Valor R$ 68,00.

  • Rio da Prata

    Flutuação que dura aproximadamente 4 horas
    Incluso: roupa de neoprene, colete salva-vidas, sapato para flutuação e snorkel com máscara.
    Estrutura: excelente almoço e redário.
    Leve: toalha e vá com roupa de banho.

Essa é a flutuação mais disputada em Bonito. O percurso é o mais extenso, começa no rio Olho d’Água e termina no Rio da Prata, que é mais frio. Essa flutuação tem um perfil mais aventureiro, o percurso tem algumas corredeiras, desvios, pedras, que o deixa emocionante. O ideal é fazer essa flutuação depois de já ter feito alguma outra, para pegar ‘o jeito’.

Valor R$ 240,00.

DIA 5 – Nascente Azul

Flutuação com duração aproximada: 2,5 horas.
Incluso: roupa de neoprene, colete salva-vidas, sapato para flutuação e snorkel com máscara.
Estrutura: você tem a opção de almoçar (R$ 60,00 comendo a vontade) e poderá aproveitar o Balneário Lago da Capela que tem diversas opções de lazer e dá pra passar a tarde inteira. Mais uma vez, maior facilidade para quem estiver de veículo próprio.
Leve: toalha, chinelo e vá com roupa de banho.

A diferença nesta flutuação é que as águas pareciam ainda mais cristalinas, tinha menos vegetação e menor número de peixes. Mesmo esquema, uma trilha de aproximadamente 1,5 km leva até o Rio Bonito onde é feita a flutuação. Esse é um atrativo relativamente novo, diferente das anteriores, é permitida a flutuação sem colete e fazer apneia, o que ajuda muito na hora das fotos!

Valor R$ 170,00.

Nascente Azul - Bonito-MS
Nascente Azul – Bonito-MS

DIA 6 – Lagoa Misteriosa com Mergulho

Mergulho ou Flutuação de aproximadamente 1,4 hora.
Um instrutor desce com 2 pessoas e fica junto com elas o tempo todo.
Inclusa: roupa de neoprene, sapato para flutuação, máscara e snorkel e cilindro, no caso do mergulho.
Estrutura: a Lagoa Misteriosa fica na mesma propriedade do Rio da Prata.
Leve: roupa de banho e toalha.

Por conta da proliferação de microalgas causada pelas condições climáticas, entre outubro e abril, a lagoa tem as atividades suspensas. Você pode escolher entre fazer flutuação ou mergulho com cilindro, não recomendo a flutuação aqui, não tem muito o que ver. Apesar de já ter feito vários mergulhos, a lagoa tem características muito peculiares, me surpreendeu demais, recomendo que mergulhe! Foi um dos passeios mais incríveis!!!

O mergulho é realizado com o instrutor que vai passar ao visitante todas as informações e procedimentos sobre a atividade. Para quem nunca mergulhou, os equipamentos todos são controlados pelo instrutor e a profundidade máxima é de 8 metros. É bem tranquilo e a equipe da Lagoa é impressionantemente maravilhosa!

Você terá a oportunidade de mergulhar nas águas azuis da lagoa, observar os paredões, troncos, rochas a profundidade desconhecida da lagoa que é considerada a quinta caverna mais profunda do país e atinge mais de 220m de coluna d’agua.

Valor da flutuação R$ 180,00.
Valor do mergulho com cilindro R$ 380,00.

Mergulho com Cilindro na Lagoa Misteriosa - Bonito-MS
Mergulho com Cilindro na Lagoa Misteriosa – Bonito-MS

DIA 7 – Pantanal – Day Use na Fazenda San Francisco

Pantanal com duração de mais ou menos 10 horas.
Incluso: almoço e café da tarde.
Leve: roupa de banho, toalha e vá de tênis.

Roteiro para day use:
Chegada: cohecemos a fazenda
Saída para Safári Fotográfico e Trilha na mata do Rio Miranda.
Retorno com descanso na piscina + almoço pantaneiro e soneca no redário
Passeio de Chalana + Pescaria de Piranhas

É possível pernoitar na fazenda por um valor aproximado de R$ 900,00 para 2 pessoas com refeições inclusas. O diferencial aqui é a saída para focagem noturna, onde poderão ser avistadas onças e jaguatiricas principalmente.

Valor Day Use R$ 210,00.

Pantanal - Fazenda San Francisco
Pantanal – Fazenda San Francisco

DIA 8 – Saída de Campo Grande até Bonito

Hospedagem: Hotel Jandaia (ótima localização, instalações e atendimento ok, bom café da manhã).

DIA 9 – Retorno para SP

Agência: Bonito Brasil.
Para comprar os passeios, é obrigatório ser através de agência. Essa é a única forma.
Principalmente na alta temporada é importante que faça a reserva com antecedência.

Passeios que não fiz, mas você deveria considerar:

Abismo Anhumas (rapel e flutuação ou mergulho na gruta): considerado uma das mais belas aventuras do Brasil, exige fôlego e tem um número bem limitado de visitantes por dia. O valor é de quase R$ 1.000 para flutuação.
Rio Sucuri (flutuação): muito conhecido por ter uma das águas mais claras do mundo.
Rio do Peixe (trilhas e cachoeiras): é, de longe, a comida mais famosa entre os passeios. Ouvi muitos elogios com relação ao espaço. Acho que vale a visita.

Importante:

  • Nem todos os passeios ficam no munícipio de Bonito, mas a região é bem sinalizada.
  • Os passeios incluem seguro!
  • É proibido passar repelente e/ou protetor solar antes das flutuações.
  • Não há necessidade de levar sua roupa, máscara e snorkel pois todos os passeios possuem e emprestam.
  • Leve câmera aquática!
  • Nas trilhas tenha sempre uma câmera a mão, você vai ver muitos animais e uma diversificada vegetação.

Quanto paguei

Os valores de passeio assustam à primeira vista, mas você dificilmente conhecerá muitos destinos com igual organização e infraestrutura; definitivamente todos os espaços estão preparados para receber o turista!
A partir de 2 pessoas, alugue um carro, é fácil se deslocar e mais confortável que esperar por um grupo, mas tenha GPS! É obrigatório contratar os passeios através de agências, a cidade oferece muitas e os valores são tabelados!

  • Transfer ida e volta para Campo Grande + 09 passeios listados acima com transporte ida e volta ficaram R$ 1.900,00 por pessoa. (Esse valor está com desconto por termos fechado todos os passeios com antecedência).
  • Hostel Che Lagarto: R$ 250,00 para 7 noites com café da manhã (muito barato!!)
  • Hotel Jandaia em Campo Grande: R$ 180,00 diária para 2 pessoas.

Ao contrário do dia, não espere muito da noite em Bonito. Alguns restaurantes, o simpático centro minúsculo e sua praça, um pub, alguns poucos bares, e uma festa que ocorre trimestralmente com atrações sertanejas (Estação Caxara) – vale morrer de sono no dia seguinte! 😉

A Casa do João foi o melhor restaurante! O ambiente é muito agradável, a comida é maravilhosa, o atendimento foi perfeito e o preço super justo. Jantamos duas noites lá, em três pessoas, pagamos cerca de R$ 65,00 cada.

Restaurante Casa do João - Bonito-MS
Restaurante Casa do João – Bonito-MS

Em Campo Grande: A cidade é simpática, limpa, organizada, mas não oferece muitos atrativos. Em 01 noite visitamos o Bar Merceria, que estava lotado, era uma quarta e as pessoas vão assistir aos jogos. Depois seguimos para a Valley, um espaço moderno e aconchegante, mega bem decorado, foram duas atrações musicais se apresentando naquela noite, entrada mulher R$ 20,00, lá ficamos até às 4h, ou seja, estava bom! Super indico ambos.

Finalizando…

Minha percepção é que o destino é incrível, precisa ser visitado, porém, diferente da maioria dos lugares que visitei, não pretendo voltar. Sim, eu realmente curti muito a viagem e me deslumbrei com as atrações, mas vi (quase) tudo que gostaria, então me dei por satisfeita e fechei minha ‘caixinha’ de Bonito.

Apenas vá, quando tiver um orçamento mais tranquilo. Fazer passeios todos os dias é exaustivo, mas você ficará satisfeito com as belezas que Bonito revelará a você!

Relato em 06/06/18 por Janaína Oliveira.
Instagram: @janaoliveira87

Gostou da viagem da Janaína para Bonito-MS? Então clique aqui e conheça as histórias de outros Amigos por aí do Vai Que Viajo!