Ahhhh Aruba, a famosa One Happy Island como é conhecida – uma ilha feliz. Tem sol praticamente o ano inteiro, mar caribenho cristalino e areia branquinha! Meu primeiro fascínio por conhecer essa ilha paradisíaca começou há uma década, desde quando eu assistia o Mochilão MTV – apresentado pelo ator Gabriel Moojen. No programa ele retratava uma das únicas ilhas do mundo a ter a água do mar dessalinizada e 100% potável.

Confesso que 4 dias são pouco para conhecer Aruba mas o suficiente para ficar encantado. Então borá lá, falar sobre o que fazer em Aruba em 4 dias.

Algumas informações à respeito de Aruba:

  • Aruba é um país independente que localiza-se um pouco acima da Venezuela;
  • A língua oficial do país é o papiamento mas também é possível se comunicar com eles em inglês e espanhol;
  • A moeda oficial é o Florim Arubano, porém eles aceitam dólar em todos estabelecimentos;

DIA 1 – Arashi e Palm Beach

Arashi – Logo cedo da manhã acordamos e já saímos com o carro que havíamos alugado direto para o norte da ilha. Alugamos um carro para poder rodar mais a ilha, mas também é possível chegar até Arashi de ônibus. Essa é uma praia sossegada, com a água bem clarinha e quente. Localiza-se bem ao lado do Farol e tem uma boa infraestrutura com barracas de palha públicas, sem necessidade de pagar. Tem estacionamento e um bar com bebidas e lanches e também wi-fi. É aconselhável levar o snorkel pois a visibilidade embaixo da água é excelente. Dá pra passar tranquilamente o dia nessa praia. Ficamos até às 14h nela e após fomos para Palm Beach.

Arashi Beach Aruba
Arashi Beach Aruba

Palm Beach – É nessa praia que tudo acontece em Aruba. Palm Beach é uma praia completa! É nela que estão os principais resorts de Aruba. Conta com uma infraestrutura para que você passe o dia – passeios, restaurantes e mar calmo. É uma praia incrível, movimentada e com diversas atividades esportivas e náuticas.

Um fato que chama atenção: Palm Beach é escondida pelos resorts – como se fosse parte deles. A impressão é que a praia é reservada, mas não, ela é pública. O acesso necessita ser por dentro de alguns resorts e a maioria deles têm seu acesso livre, justamente para que as pessoas possam chegar e desfrutar dessa praia. Então você pode entrar nos resorts, consumir no bar, frequentar o cassino e até mesmo tomar banho na piscina.

Acesso Livre em Resort - Palm Beach Aruba
Acesso Livre em Resort – Palm Beach Aruba

Na noite do primeiro dia jantamos em Palm Beach. E um fato que é legal de compartilhar: todos estabelecimentos em Aruba lhe concedem água gelada de forma gratuita, é lei no país. Pedi pensando que viria uma garrafinha e eu teria que pagar, mas não. Veio uma jarra com bastante água e de muito boa qualidade dessalinizada do mar.

Água Dessalinizada em Aruba
Água Dessalinizada em Aruba

DIA 2 – Baby Beach, Rodgers Beach e Surfside Beach

Baby Beach – É aqui que na minha opinião encontra-se o verdadeiro paraíso de Aruba. Essas praias no sul da ilha são paradisíacas (baby e rodgers são ao sul e surfside na região central). Combinamos Baby Beach e Rodgers Beach em virtude da proximidade – elas localizam-se lado a lado. Demos o start do dia em Baby Beach. Ela é tão linda e paradisíaca que o seu visual parece descanso de tela do computador.

Há um grande fluxo de turistas nessa praia, mas a faixa de areia e a orla da praia são tão grandes que absorvem tranquilamente isso e não passa a sensação de muita gente nela. É uma praia tranquila com vagas disponíveis para estacionar. Nos deslocamos até ela de carro (é a praia mais distante de Aruba), mas é possível também chegar de ônibus – não recomenda-se pois é desgastante segundo alguns turistas relatam. Almoçamos nessa praia, há um restaurante com músicas latinas animadas e fomos muito bem servidos.

Andressa e eu em Baby Beach - Aruba
Andressa e eu em Baby Beach – Aruba

Rodgers Beach – Situa-se ao lado de Baby Beach. A faixa de areia não é tão grande, a praia é menor e muito mas muuuuito menos movimentada que Baby Beach, pode-se dizer que é praticamente vazia. São praias com o mesmo tipo de mar e areia e não há nada que chame a atenção após ter visitado Baby Beach.

Surfside Beach – Essa praia achamos ela por acaso. Não constava em nosso roteiro. Ela situa-se ao lado do aeroporto de Oranjestad, no centro de Aruba bem aonde constam os letreiros. Foi voltando de Baby Beach e Rodgers Beach que a encontramos.

Surfside Beach - Aruba
Surfside Beach – Aruba

Por situar-se ao lado do aeroporto é possível curtir os aviões passando muito próximo à praia. Esse é o diferencial dessa praia: curtir os aviões chegando na beira da praia. Não é igual St. Maarten, pois os aviões não passam por cima das pessoas mas mesmo assim é muito legal.

Também há um bar bem legal tocando músicas latinas e que informa os horários dos voos. Nesse mesmo local do bar tem uma estátua para tirar fotos com o Capitão Morgan.

Capitão Morgan em Surfside Beach
Capitão Morgan em Surfside Beach

A galera que está nesta praia também pode aproveitar para se divertir nos brinquedos de ar disponíveis (pagos a parte).

Brinquedos Infláveis em Surfside Beach
Brinquedos Infláveis em Surfside Beach

Temos uma matéria exclusiva de Surfside Beach no blog. Confere aqui!

DIA 3 – Praia dos Flamingos e Renaissance Resort

Praia dos Flamingos -Essa talvez seja a mais relevante escolha do porque optamos viajar para Aruba. Logo quando pesquisamos na internet e batemos os olhos nos Flamingos ficou decidido que iríamos.

Praia dos Flamingos - Aruba
Praia dos Flamingos – Aruba
Um dia com Flamingos é um dia bem gasto :)
Um dia com Flamingos é um dia bem gasto 🙂

É algo totalmente exclusivo. Existem Flamingos até em Curaçao, mas tranquilos em uma praia paradisíaca, você podendo interagir com eles, só encontra em Aruba. E é de uma propriedade exclusiva. Para que você possa chegar nessa praia ou é necessário que você pegue uma hospedagem no Renaissance Resort ou pegue o passe de um dia (day pass) para curtir. Ambos tem um custo. No nosso caso nos hospedamos no Resort: e vale a pena!

Vou direcionar a opinião para quem, assim como o Vai Que Viajo busca viajar no modo economy:

  • Se viajas sozinho: me parece válido optar somente pelo day use no valor de $99 para passar o dia na ilha.
  • Estando em número maior de pessoas: compensa se hospedar no resort. A diária concede livre acesso a praia dos flamingos. Você pode, inclusive, passar a manhã do dia seguinte novamente lá antes do check-out. Fora a oportunidade de se hospedar em um hotel 4 estrelas da rede Marriott e a economia na diária que pagarias em outro hotel. Nossa diária custou $219 (com café da manhã).

Renaissance Resort – É um resort lindo, clean e totalmente confortável. Tem tudo dentro dele: academia, restaurante, piscina, casino e shopping.

Piscina do Renaissance Resort em Aruba
Piscina do Renaissance Resort em Aruba
Academia do Renaissance Resort em Aruba
Academia do Renaissance Resort em Aruba

Temos uma matéria exclusiva referente a esse tópico, abordando tudo sobre essa praia e o Resort. Confere aqui!

DIA 4 – Eagle Beach e Centro de Oranjestad (capital de Aruba)

Aqui já se aproximava nossa despedida de Aruba. Deixamos o último dia para conhecer Eagle Beach (pois era próximo de onde estávamos hospedados) e o Centro de Oranjestad.

Eagle Beach – É muito similar a praia de Palm Beach e é ao lado uma da outra. Um dos pontos que as diferem é que em Palm Beach os resorts já são na areia e Palm Beach não – existe uma avenida beira mar. É na Eagle Beach que encontram-se as famosas árvores Divi-divi (cartão postal de Aruba). Em Eagle Beach também que ficam concentradas as motos aquáticas para alugar, são inúmeras opções para você negociar e poder pilotar o jet ski nesse paraíso caribenho.

Eagle Beach - Aruba
Eagle Beach – Aruba
Árvore Divi-Divi em Aruba - Cartão Postal
Árvore Divi-Divi em Aruba – Cartão Postal

Centro de Oranjestad – Oranjestad é a capital de Aruba e localiza-se bem na região central do país. Aqui predomina uma forte influência americana: construções, casinos, comércio e grandes marcas de vestuário.

Pensávamos que seria necessário um bom tempo para conhecer mas não, em torno de 2h é possível conhecer todo o centro. Logo que chegamos percebemos um trenzinho que percorre boa parte da cidade, mais especificamente na parte central da cidade, passando pelas principais ruas e falando sobre alguns pontos importantes dela. O trem é gratuito e leva em torno de 40 minutos. É possível subir e descer em qualquer parada.

Tour de Trem - Centro de Oranjestad
Tour de Trem – Centro de Oranjestad

Royal Plaza Mall – Destaco esse ponto específico de Oranjestad pela sua arquitetura. É um prédio localizado bem na avenida principal e chama a atenção de quem passa pela sua cor rosa.

Royal Plaza Mall - Centro de Oranjestad - Aruba
Royal Plaza Mall – Centro de Oranjestad – Aruba

Letreiro – São dois letreiros localizados no centro. Um bem próximo ao Royal Plaza Mall e outro próximo de Surfside Beach.

Letreiro e Bandeira de Aruba
Letreiro e Bandeira de Aruba
Letreiro de Aruba - Lettering
Letreiro de Aruba – Lettering

Temos uma matéria exclusiva referente ao centro de Oranjestad. Confere aqui!

Após seguir esse roteiro que criamos e desfrutar de Aruba sempre vem a pergunta, mudaríamos algo? Eu diria que não, essas são as principais praias de Aruba. Uma que você não pode descartar é Baby Beach (muito paradisíaca) e também Palm Beach – a praia mais badalada do país.

Quer saber mais sobre Aruba? Confere esse link especial aqui