Passar uma noite no deserto do Saara sempre esteve no topo dos meus sonhos! Parecia algo tão distante de vivenciar e quando vi estava lá, contemplando as gigantescas dunas, vendo os camelos, sentindo o calor daquele sol…

Como cheguei ao deserto com uma empresa de turismo, não me preocupei em contratar um passeio de camelo que levasse até o acampamento no qual passaria a noite. Na verdade uma coisa já vem atrelada à outra: empresa de turismo, transporte com camelos e uma noite no acampamento.

A título de informação, dá para acreditar que não existem camelos no Marrocos? São todos dromedários! Eu não sabia! Bom… apesar disso, vou continuar chamando-os de camelo, ok?

Momento da saída com os camelos para passar a noite no deserto do Saara
Momento da saída com os camelos para passar a noite no deserto do Saara

O passeio começou por volta das 17h e, depois de aproximadamente 30 minutos, fez uma pausa para que o grupo pudesse curtir o pôr do Sol entre as dunas. Foi o momento de fazer centenas de fotos e ficar impressionada com a imensidão do lugar – que é simplesmente único no mundo!

Pôr do sol no deserto do Saara
Pôr do sol no deserto do Saara

Apesar do predomínio de nublado, aproveitamos um belo entardecer. Foi tão interessante observar a mudança da paisagem, como as novas sombras das dunas, diferentes desenhos provocados pelo vento e também sentir a variação de temperatura. A variação, de fato, é grande, contudo não chegamos a sentir frio (mês de abril).

Isso tudo, sem contar as brincadeiras de criança! Era óbvio que eu iria rolar pelas dunas!

Pôr do sol no deserto do Saara - Só alegria!
Pôr do sol no deserto do Saara – Só alegria!

SEGUINDO A VIAGEM…

Hora de voltar para o camelo e seguir viagem rumo ao acampamento para passar a tão esperada noite no deserto do Saara. Chegamos à noitinha e fomos recepcionados com um saboroso chá Marroquino de menta e algumas bolachinhas.

Momento da chegada ao acampamento no deserto do Saara
Momento da chegada ao acampamento no deserto do Saara

Eu confesso que esperava passar uma noite bem rústica, no entanto fui surpreendida com a melhor hospedagem do Marrocos: eletricidade, chuveiro quente, banheiro com sistema de encanamento, roupas de cama novas e limpas. Dividi a tenda com mais dois companheiros de viagem.

Tenda em que passamos a noite no deserto do Saara
Tenda em que passamos a noite no deserto do Saara

Depois do chá de boas vindas, do banho bem demorado para retirar toda a areia do corpo e do breve descanso na tenda, fomos saciar a fome. O tour incluía jantar e café da manhã que foram muito bem servidos em uma tenda no local destinada somente às refeições.

Jantar no acampamento do deserto do Saara
Jantar no acampamento do deserto do Saara

Faltava ainda aproveitar a noite com um pouquinho de música! O grupo de turistas se reuniu em volta da fogueira com o pessoal do acampamento para escutar a tão animada música Berber e compartilhar uma Shisha (nosso famoso Narguilé). Eu estava extasiada por estar no meio do Deserto do Saara, praticamente na escuridão, com pessoas nascidas e criadas ali me passando cultura desta forma. Não queria que acabasse!

Apresentação da música Berber pelo pessoal do acampamento - Deserto do Saara
Apresentação da música Berber pelo pessoal do acampamento – Deserto do Saara

Aos poucos a galera foi dispersando, a fogueira foi apagando e eu resolvi ficar naquele breu total. Consegui um filhote de cachorro para me acompanhar e por ali ficamos atirados em um puff olhando para as estrelas, as quais, infelizmente, eram poucas em razão da nebulosidade. Neste ponto não dei sorte, pois sempre sonhei em ver aquele céu absurdamente estrelado.

AMANHECER NO DESERTO DO SAARA

Acordamos um pouco antes das 6h para acompanhar o nascer do sol e, mais uma vez, as nuvens atrapalharam. Sorte que as dunas são lindas de qualquer forma!

Amanhecer no deserto do Saara! E aquele camelo perdido, qual a explicação?
Amanhecer no deserto do Saara! E aquele camelo perdido, qual a explicação?

Pela manhã, foi possível conhecermos melhor como era o nosso acampamento. Não é uma graça?

Acampamento no Deserto do Saara
Acampamento no Deserto do Saara

Após curtir o amanhecer, tomamos café da manhã e nos deslocamos para a cidade de Merzouga em cima de uma caminhonete com muita, mas muita, emoção!

Voltando para Merzouga com muita adrenalina
Voltando para Merzouga com muita adrenalina

A volta também pode ser feita com os camelos, mas tendo em vista que meus companheiros de viagem voltariam no mesmo dia para Marrakech – 10h de estrada – optamos pela volta na caminhonete. E Foi “da hora”!

Enfim, mesmo as nuvens tendo atrapalhado um pouquinho, posso garantir que ter passado uma noite no deserto do Saara foi uma experiência fantástica. Aproveito também este post para agradecer aos queridos companheiros de viagem Bia, Matty, Ju e Didi por tornarem a realização deste sonho ainda mais especial!

Acabei ficando mais um dia pelo deserto do Saara antes de voltar para Marrakech. Saiba mais sobre a experiência no post do Vai que viajo sobre passar um dia no o deserto do Saara: mistura de cultura e aventura

Eu fui ao deserto com a empresa “Al desierto com Omar”, www.aldesiertoconomar.com. O custo da viagem varia conforme a quantidade de pessoas, mas é acessível para tudo que ele inclui.