Hoje o Vai que Viajo vai contar um pouco como foi a Lua de mel em Punta Cana do casal Palloma Nobre e Samuel Castro! E, claro, pegar algumas dicas sobre este destino fantástico!

O casamento aconteceu dia 11/11/2017 e, logo em seguida, eles partiram para a República Dominicana. O local é ideal para se curtir a dois, fazer passeios inesquecíveis em meio às belas paisagens e aproveitar o mar caribenho! Além disso, usufruir de toda estrutura que um resort em sistema all inclusive oferece uma excelente opção para relaxar do nervosismo gerado com o pré-casamento e de toda dedicação que essa grande festa requereu.

Então vamos conferir como foi a Lua de mel do #casamentoPaeSa em Punta Cana?

Isla Saona, República Dominicana
Isla Saona, República Dominicana

1 – POR QUE VOCÊS ELEGERAM PUNTA CANA PARA A LUA DE MEL? QUANTOS DIAS FICARAM LÁ, FOI SUFICIENTE?

Ficamos 5 dias em Punta Cana e consideramos que foi tempo suficiente. A ideia inicial era irmos para Cartagena, mas como deixamos para organizar na última hora acabou se tornando um destino caro. Quem nos deu a dica sobre Punta Cana ser um destino legal para uma viagem de Lua de mel foi a agência de turismo. Voltamos para casa, pesquisamos sobre o destino e curtimos a ideia, pois nos pareceu ser um local mais tranquilo, de ambiente familiar e frequentado por pessoas com o mesmo objetivo de viagem que pretendíamos fazer.

2 – QUAL RESORT VOCÊS FICARAM? ELES OFERECERAM ALGUM BÔNUS POR SER UM CASAL EM LUA DE MEL?

Nos hospedamos no Catalonia Gran Dominicus*. Infelizmente não nos deram nenhum bônus. De todo modo, é um resort que conta com uma estrutura muito boa e comida de qualidade. A cada noite podíamos eleger um diferente  dentre os vários restaurantes temáticos que havia para jantar. Sobre as bebidas, o chope Presidente, marca de cerveja mais popular da República Dominicana, não estava dos melhores, no entanto os drinks oferecidos pelos resort eram maravilhosos.

À noite também aconteciam shows, geralmente grupos de dançarinos (eram apresentações dos anos 60, imitação do Michael Jackson, bem americanizadas…). No entanto, não curtimos muito, pois o nosso foco era aproveitar mais o dia.

Resort Catalonia Gran Dominicus
Resort Catalonia Gran Dominicus

* Reserve sua hospedagem no Catalonia Gran Dominicus via Booking.com clicando aqui. Você não pagará nada a mais por isso, mas estará ajudando este Blog a se manter, pois receberemos um pequeno percentual do valor da sua reserva.

3 – COMO ESTAVA O CLIMA EM NOVEMBRO? É UMA BOA ÉPOCA PARA IR A PUNTA CANA?

Sim, é uma boa época. Pegamos um pouco de chuva, sempre no final da tarde e bem rápida. Não durava mais do que 10 minutos e logo em seguida já vinha aquele solaço novamente! Mas nada que atrapalhasse a viagem.

Já o calor… esse era constante!

4 – FIZERAM ALGUM PASSEIO FORA DO RESORT? SE SIM, ERAM CAROS?

Fizemos 3 passeios: Ilha Saona, nado com Golfinhos e festa na Coco Bongo. Considerando tudo que é oferecido, sim, achamos os passeios bem caros. Por exemplo, no passeio dos golfinhos era necessário pagar um valor à parte para ter as fotos que fizemos (e tinham várias legais, inclusive com leão-marinho e raias). O pacote custava cerca de 200 dólares, quase o mesmo preço do passeio, que por si só já era caro.

Nado com golfinhos em Punta Cana
Nado com golfinhos em Punta Cana

Considerando preço versus benefício, a ida à Coco Bongo foi a que mais valeu, pois as apresentações artísticas eram sensacionais, artistas de ponta e com bebidas à vontade. A única crítica que faço é sobre o tamanho do local e a quantidade de pessoas qua estavam na casa naquela noite, estava muito cheio. Logo que entramos, tivemos que ficar exprimidos na porta e de pé, foi difícil achar um espaço para ficar tranquilo e mais difícil ainda um para sentar. Mas num geral, podemos dizer que a Coco Bongo é uma balada muito top e que merece ser visitada.

Coco Bongo, Punta Cana
Coco Bongo, Punta Cana

A Ilha Saona é um tour imperdível. Fomos de catamarã na ida e voltamos num barco rápido que fez uma pausa em piscinas naturais no meio do mar. O almoço foi na ilha e estava incluso no valor do passeio, assim como as bebidas e petiscos servidos no catamarã.

Isla Saona, República Dominicana
Isla Saona, República Dominicana
Isla Saona, República Dominicana
Isla Saona, República Dominicana

5 – FOI NECESSÁRIO FAZER CÂMBIO PARA MOEDA LOCAL?

Não, o dólar é amplamente aceito, pagamos todos os passeios com a moeda americana.

6 – É UM DESTINO COM MUITOS TURISTAS BRASILEIROS?

No período em que estávamos não. A maioria eram turistas europeus, vimos muitos Italianos, Espanhóis e Suíços. Só fomos encontrar brasileiros durante um dos passeios que fizemos e eram dois casais que também estavam em Lua de Mel.

Casal curtindo o lindo mar do Caribe
Casal curtindo o lindo mar do Caribe

7 – QUAIS AS IMPRESSÕES GERAIS SOBRE PUNTA CANA?

Não chegamos a conhecer a região de Punta Cana fora do resort, apenas durante o caminho para fazer os passeios. Mas num geral, gostamos muito do clima de descontração, de ouvir a música latina, que tem toda uma pegada diferente. Sobre isso, era legal ver a galera se divertindo e dançando nos catamarãs. De resto, belas paisagens e um mar incrível, com destaque para a ilha Saona.

Animação durante o passeio no Catamarã
Animação durante o passeio no Catamarã
Piscinas naturais perto da Ilha Saona
Piscinas naturais perto da Ilha Saona

8 – ACERCA DA PARTE AÉREA E AEROPORTUÁRIA, COMO FOI?

Viajamos com a Latam. Acho que esse era um voo poderia ter sido direto, pois voamos 5 horas até o Peru, fizemos conexão em Lima e depois voamos mais 5 horas até a Punta Cana. Na volta, a conexão foi de 4h, super cansativa. Além disso, o avião era um A320 da Airbus, pequeno e de estilo comercial, bem desconfortável para uma viagem longa.

Sobre a estrutura do aeroporto de Punta Cana, achamos bem simples.

9 – VOCÊS FARIAM ESTE ESTILO DE VIAGEM NOVAMENTE?

Lógico, iríamos fácil curtir a estrutura dos resorts all inclusive! E não só em Punta Cana, como também em outros países.

Punta Cana, República Dominicana
Punta Cana, República Dominicana

10 – NA OPINIÃO DE VOCÊS, PUNTA CANA É UM DESTINO RECOMENDADO PARA LUA DE MEL?

Sim, é recomendado! Punta Cana é um destino mais familiar e foi ótimo ficar curtindo a dois tudo aquilo que o resort oferece! A gente precisava desse descanso, corremos muito com os preparativos do casamento.

Inclusive a vida noturna lá é mais tranquila, pois até mesmo na Coco Bongo, que tem fama de ser “a balada”, não vimos aquela noite pesada. Então tudo conspira a favor dos casais. Ademais, as paisagens são incríveis, a ilha é cheia de coqueiros e banhada por um mar muito lindo de águas quentinhas.

Palloma em seu relax time!
Palloma em seu relax time!

E foi isso: comemos, bebemos, dormimos, vimos TV (todos os canais espanhol, rsrsrs) e curtimos muito mar e piscina! Foi excelente!

PONTOS A FAVOR DE UMA LUA DE MEL EM PUNTA CANA:

  1. Estadia em resort all inclusive.
  2. Paisagens e mar do Caribe.
  3. Descanso e relaxamento, sem ter muito compromisso com os horários.

E OS CONTRA?

  1. Tipo de voo oferecido pela Latam.
  2. Valor alto dos passeios.
  3. Voltar um pouco mais pesadinho (rsrsrs).

Por fim, deixo novamente meus votos e felicidades ao casal, desejo um casamento duradouro, com frutos e com muito, mas muito amor! E venham me visitar, né? Não esqueci da promessa! Beijão meus queridos e obrigada por compartilharem esse lindo momento de vocês com os leitores do Vai que viajo! Com carinho, Andressa.

Lindo casal!!! #casamentoPaeSa
Lindo casal!!! #casamentoPaeSa

Gostou da dicas do casal Palloma e Samuel na República Dominicana? Então conheça aqui outras histórias dos Amigos por aí do Vai que Viajo!