Estar acompanhado de um guia no Egito no meu ponto de vista é fundamental. Elenco abaixo 11 motivos que justificam por que se faz necessário contratar um guia no Egito:

1 – ABSORÇÃO DA HISTÓRIA

Como um guia no Egito você receberá as informações sobre os lugares visitados. O país é história pura!  Às vezes olhamos para o local e não sentimos nada, até que tomamos ciência de como foi construído, de quem morou ali, há quantos anos está de pé, tornando aquilo surpreendente. Por exemplo: pode ser só mais uma Igreja, mas também pode ser o local que abriga a cripta em que se refugiou a Sagrada Família quando da fuga para o Egito.

2 – IDIOMA

O árabe é o idioma oficial e em locais não turísticos dificilmente você encontrará pessoas que se comuniquem em inglês ou espanhol. Em razão de eu ter tido as malas extraviadas na chegada ao Egito, necessitei comprar roupas, enfrentando grandes dificuldades na comunicação com as atendentes, basicamente acontecendo de forma gestual.

3 – QUESTÃO CULTURAL E RELIGIOSA

Por ser tão diferente, coisas que para nós são consideradas normais, para eles pode requerer todo o respeito, como por exemplo: Devo tirar o sapato para entrar neste local? Posso beijar meu namorado em público? Preciso cobrir meus cabelos? Um guia no Egito com certeza irá te avisar previamente sobre estas questões.

4 – AS DIMENSÕES DO CAIRO E REGIÃO METROPOLITANA

Os pontos turísticos não estão situados próximos uns dos outros, tornando impossível explorá-los a pé ou por conta própria sem perder um tempo considerável no deslocamento; há cerca de 20 milhões de habitantes e aproximadamente 2 milhões de carros circulando pela região metropolitana do Cairo formando um trânsito engarrafado e praticamente sem regras. O guia saberá os melhores horários para andar por certas avenidas, bem como os melhores caminhos que devem ser tomados.

5 – O DESLOCAMENTO ENTRE CIDADES

O deslocamento entre cidades: o Egito não é só pirâmides de Giza. Existem muitos outros monumentos espalhados pelo país que merecem ser conhecidos e necessitarão de um grande deslocamento, incluindo trechos aéreos, cujos bilhetes poderão ser reservados com antecedência pelo seu guia no Egito.

6 – NÃO SE PREOCUPAR EM MONTAR O ROTEIRO E NA FORMA DE EXECUTÁ-LO

Acredite, há muita coisa para ver no Egito; e como o tempo é curto e as distâncias são grandes, nada melhor do que ir direto ao que mais interessa. Além disso, acontece de não termos dinheiro para entrar em todos os locais, e aqui o guia poderá te ajudar dizendo: vai apenas no local X, pois ele é igual ao Y, além de mais barato.

7 – NÃO SE PREOCUPAR EM CONTRATAR OS PASSEIOS

Como seu roteiro estará pronto, o guia também será responsável por te fornecer as entradas dos locais. Além do mais, você não perderá tempo procurando pelo ponto turístico, utilizando melhor o tempo na apreciação do local ou retornando mais cedo para o hotel a fim de descansar para a próxima aventura. Se você for fazer o cruzeiro pelo Rio Nilo, por exemplo, já terá um navio definido a sua espera, não perdendo tempo para achar onde embarcar ou escolhendo entre as dezenas de embarcações.

8 – ASSÉDIO AOS TURISTAS

É realmente grande no país, do nível chato! Os vendedores são muito insistentes e andarão atrás de você por metros e metros tentando vender algo caso você manifeste o mínimo interesse. Nesta situação, será suficiente o guia mandar um “basta” em árabe para eles pararem.

9 – EFETUAR COMPRAS

Também é importante contar com um guia no Egito para ajuda nas compras. Sempre pergunte para ele quanto vale um produto antes de começar a negociação com o vendedor! Caso contrário, você poderá pagar 10 vezes mais. Nunca feche negócio no Egito sem antes pechinchar – e não hesite em responder o quanto estás disposto a pagar pelo objeto quando perguntarem “quanto você quer pagar”. Além disso, dependendo do produto que desejas adquirir, pode haver falsificação ou acontecer de a qualidade não corresponder a da ofertada, como por exemplo nos lenços Pashminas.

10 – SEGURANÇA

Apesar de não ter presenciado situação de perigo, a presença do guia no Egito te trará segurança, você andará menos “espiado” pelos locais. Lembre-se de que agora você é o diferente e chamará muito a atenção, ainda mais se fores mulher.

11 – SUPORTE PARA EVENTUAIS PROBLEMAS

Tive as malas extraviadas na chegada ao Egito e com a ajuda do guia pude resolver a parte administrativa no aeroporto com maior tranquilidade. Além disso, ele entrou em contato com os representantes da companhia aérea no aeroporto diariamente na busca de informações sobre a localização da bagagem, – algo que não tenho ideia de como faria sem falar Árabe. Um guia também te auxiliará com os trâmites da emissão do visto no aeroporto, bem como facilitará sua passagem pela imigração.

Eu  estive no Egito acompanhada dos guias Amir Ali Guia de turismo e Usamitas. Todos falando em Português, atenciosos, queridos e muito divertidos. Fizeram toda a diferença na minha viagem! Recomendo-os!

Saiba mais  sobre o Egito em:

Pirâmides de Gizé

Cidade de Alexandria

 Povoado Núbio

Abu Simbel