Caros amigos do Vai que Viajo, como sempre busquei dicas para minhas viagens em blogs, nada mais justo do que deixar aqui meu relato para ajudar as pessoas que precisam de dicas para realizar sua viagem à África do Sul.

Vamos lá: A ideia de ir para a África do Sul surgiu no início de fevereiro de 2015. Eu sempre ouvia falar muito bem de Cape Town, que era um lugar muito bonito, e também poderia aproveitar para fazer um Safari no Kruger Park.

O primeiro passo foi a compra das passagens. Aproveitei uma promoção da South Africa Airways e as comprei por R$ 2.403,00 incluindo os trechos abaixo:

04/05/2015 – GUARULHOS X JOHANNESBURG

05/05/2015 – JOHANNESBURG X CAPE TOWN

10/05/2015 – CAPE TOWN X JOHANNESBURG

15/05/2015 – JOHANNESBURG X GUARULHOS

DIA 04/05/2015 e 05/05/015 – SAÍDA DO BRASIL E CHEGADA NA ÁFRICA DO SUL

Neste dia, às 18:00, embarquei para Joanesburgo, pois não tem voo direto para Cape Town. O voo foi tranquilo, a South Africa Airways é uma excelente companhia aérea, com serviço de bordo muito bom.

Avião da South Africa Airways
Avião da South Africa Airways

Cheguei em Joanesburgo, fiz a migração e fui para a área de embarque doméstico. Foram mais 2 horas de voo até chegar em Cape Town no dia 05/05/2015.

Chegando no aeroporto de Cape Town peguei o transfer da empresa Centurion até o Hostel onde me hospedei. Cheguei no Hostel por volta das 14:00hs local e neste dia apenas descansei. O máximo que fiz foi andar pela Long Street que era  próximo ao Hostel The Backpack.

Vista pela Long Street, Cape Town
Vista pela Long Street, Cape Town

06/05/2015 – ROBBEN ISLAND

Comprei on-line com antecedência de quase 1 mês o ingresso para a Robben Island, local onde Nelson Mandela ficou preso por 18 anos durante o Apartheid.

Meu passeio iniciava as 11:00hs, então fui até o Waterfront, pois o passeio saí de lá. Peguei o catamarã que levou cerca de 50 minutos até chegar na ilha. Lá se faz um passeio guiado com guias que são ex prisioneiros. Este é um passeio que recomendo.

Guia da Robben Island
Guia da Robben Island
Catamarã que fez o trajeto até a Robben Island
Catamarã que fez o trajeto até a Robben Island

O Passeio na Robben Island tem duração de cerca de 3 horas. Finaliza no mesmo local de onde se embarca no catamarã, no Waterfront.

Robben Island
Robben Island
Interior da Robben Island
Interior da Robben Island
Vista da Robben Island para Cape Town
Vista da Robben Island para Cape Town

Após o fim do passeio, fiquei pelo Waterfront e fui até o Estádio de Capetown, porém estava fechado.

Depois fui de táxi até a Table Montain. O dia estava muito bonito e o céu estava bem limpo, o que deveria me proporcionar um belo visual, mas lá chegando a entrada estava fechada devido ao vento. OBS: para ir à Table Mountain, quando ver que o tempo está limpo, tente ir na mesma hora, pois ela fecha a qualquer momento devido ao vento e, se tiver muita nuvem, você não terá um bom visual.

Já que a Table Mountain estava fechada, apenas tirei algumas fotos de lá de cima e retornei ao Hostel, pois já eram umas 17:00hs.

Table Mountain
Table Mountain

07/05/2015 – PASSEIO PARA CAPE POINT E CABO DA BOA ESPERANÇA (TOUR FANTÁSTICO)

No dia anterior, agendei com o Hostel um passeio para o Cape Point e no dia 07/05 por volta das 09:00hs a Van passou no Hostel.

O passeio para o Cape Point é fantástico, fui em um grupo de cerca de 12 pessoas. Eu era o único Brasileiro! O passeio é guiado, tivemos sorte porque o guia era muito gente boa e explicava sobre todos os pontos turísticos. Até chegar no Cape Point, o passeio passa por muitos lugares, que vou demonstrando nas fotos abaixo.

Caminho até Cape Point
Caminho até Cape Point
Visual show no caminho até Cape Point
Visual show no caminho até Cape Point
Foca avistada no caminho até Cape Point
Foca avistada no caminho até Cape Point
Pinguineira no caminho para Cape Point
Pinguineira no caminho para Cape Point

O passeio dura o dia todo, encerrou por volta das 19:00hs. Se analisar o custo beneficio, vale muito a pena, pois até o almoço está incluso, que é preparado pelo próprio guia.

Cabo da boa Esperança
Cabo da boa Esperança
Cape Point
Cape Point
Cape Point
Cape Point

08/05/2015- IDA A TABLE MOUNTAIN

Reservei este dia para ir a Table Montain. Após tomar café da manhã, fui de táxi junto com um Australiano que estava no Hostel e dividimos as despesas.

Peguei o bondinho e subi a Table Mountain. O tempo até que estava bom, apesar de ter algumas névoas no céu. Cheguei na Table Montain por volta das 11hs e por lá fiquei até umas 17hs. Aproveitei e fiz trilhas, pois o parque Nacional da Table Mountain é muito grande, então a dica que dou é ser perder na Table Montain, pois as vistas que de lá temos são lindas. Lembra muito o Rio de Janeiro quando se está na Table Mountain.

Abaixo algumas fotos!!!

Table Mountain
Table Mountain
Vista desde a Table Mountain
Vista desde a Table Mountain
Vista desde a Table Mountain
Vista desde a Table Mountain

09/05/2015 – TOUR PELA CIDADE DE CAPE TOWN

Este era meu último dia inteiro em Cape Town, então resolvi andar pela cidade. Comprei o passe do Ônibus turístico e fiz o Tour. Existem 3 linhas deste ônibus. Eu parei por 2x no Waterfront, que é muito bom, pois tem lojas e restaurantes.

Abaixo fotos do dia:

Ônibus de turismo de Cape Town
Ônibus de turismo de Cape Town
Cape Town
Cape Town
Cape Town
Cape Town
Cape Town
Cape Town

Faltaram pelo menos 3 dias completos em Cape Town para conhecer bem a cidade, ir a Praia de St James e, talvez, fazer o mergulho com tubarões.

Cape Town é uma cidade cheia de atrações. À noite também é bem agitada, fui 2x para as baladas da cidade com o pessoal do Hostel. As baladas que fui eram na Long Street, local onde também há bastante restaurantes. Meu preferido era um indiano, onde tinha arroz frito com carne, rsrs.

Sobre a Hospedagem, o Hostel, onde fiquei era muito bom, super limpo, organizado, um staff muito educado, sempre tinha algumas festas por lá.

Hostel The Backpack
Hostel The Backpack

Uma equipe da Globosat esteve por lá nos dias em que estive hospedado, gravando um programa de turismo.

Hostel The Backpack
Hostel The Backpack

10/05/2015 – VIAGEM PARA JOANESBURGO

Fiz o check-out no Hostel e segui para o aeroporto. Meu voo para Joanesburgo era às 13h. O voo foi tranquilo e levou 2h.

Aeroporto de Cape Town
Aeroporto de Cape Town

Fechei meu safári com a empresa Nomad do Brasil mesmo, fui atendido por uma Brasileira, a Fernanda.

Para o tour, fechei também o Transfer do aeroporto para o Hotel de onde saia o tour no dia seguinte. Cheguei no aeroporto às 15h e tive que esperar até às17h para pegar o transfer. Chegando no hotel, jantei e fui descansar, já que no dia seguinte a viagem até o Kruger Park seria longa.

Durante o Jantar o pessoal do Hotel nos passa algumas informações sobre o tour. No meu caso, que era o safári para o Kruger Park, informaram o horário do café da manhã e que logo após partiríamos .

11/05/2015 – VIAGEM PARA O KRUGER PARK

Neste dia acordei por volta das 07h e fui tomar café da manhã. Já no café o guia do passeio fez uma triagem, passou algumas informações, verificou meu seguro viagem e eu tive que assinar alguns documentos.

Por volta das 08:30 iniciamos a viagem. Foram cerca de 10 horas de viagem num caminhão adaptado a ônibus, com paradas a cada 3 horas mais ou menos.

Chegamos ao local onde passaríamos a primeira noite por volta das 18h, fomos acomodados e por volta das 20h, teve o jantar de recepção com danças típicas africanas.

Recepção no Parque Kruger
Recepção no Parque Kruger

12/05/2015 – PRIMEIRO DIA DE SAFÁRI

No primeiro dia de safári o nosso guia informou que deveríamos estar prontos por volta das 4:30hs da manhã para o café que eles mesmos preparam. Então, 4:30 estávamos a postos, já que às 5h iniciarmos o safári pelo Kruger. Dito e feito, às 5h em ponto vieram nos buscar num Jipe 4×4 e, após 40 minutos, chegamos ao Kruger, onde fizemos o safári.

Kruger Park
Kruger Park
Transporte no Kruger Park
Transporte no Kruger Park

Foi possível ver todos os bichos, porém é difícil conseguir boas fotos, pois os animais, além de não fazerem pose para as fotos, fogem dos humanos.

Para quem for ao Kruger, aconselho levar um binóculo, pois muitas vezes se vê os animais de longe.

O primeiro dia do safári terminou por volta das 17:00hs, mas fizemos paradas para almoço e algumas vezes para banheiro.

Girafas no Kruger Park
Girafas no Kruger Park
Hienas no Kruger Park
Hienas no Kruger Park
Rinocerontes no Kruger Park
Rinocerontes no Kruger Park
Elefantes no Kruger Park
Elefantes no Kruger Park
Zebras no Kruger Park
Zebras no Kruger Park

Quando o safári encerrou, seguimos ao Camping do Kruger, onde nos hospedaríamos. Do grupo nosso eu fui o único que fiquei acampado. Foi muito bom, pois a barraca era bem confortável.

Minha barraca no Kruger Park
Minha barraca no Kruger Park

À noite os guias do passeio prepararam o jantar (comida muito boa) e, após o jantar, nos passaram o roteiro do dia seguinte.

Guias preparando a janta
Guias preparando a janta

13/05/2015 – SEGUNDO DIA DE SAFÁRI

Neste dia acordamos cedo e fizemos uma trilha pelo Kruger Park de aproximadamente de 2 horas, mas não foi possível ver muitos animais, no entanto os guias falaram sobre algumas curiosidades do Kruger.

Trilha dentro do Kruger Park
Trilha dentro do Kruger Park
Guias passando informações sobre o Kruger Park
Guias passando informações sobre o Kruger Park

Após a trilha, seguimos para o Kruger Park no veículo da Nomad. Neste dia vimos muitos animais! Foi muito legal o tour pelo Kruger Park.

Girafas!!!!
Girafas!!!!

Retornamos ao Camping, pois no mesmo dia faríamos o tour noturno. Esse tour foi muito bom, foi possível ver alguns animais, entre eles uma manada de búfalos, e o ouvir o barulho de muitos animais.

Entardecer no Parque Kruger
Entardecer no Parque Kruger

 14/05/2015 – RETORNO PARA JOANESBURGO

Dia de voltar para Joanesburgo. Saímos bem cedo, às 8h. Estavam inclusas paradas em Mpumalanga, local que tem visuais fantásticos.

Mpumalanga
Mpumalanga

Foram 10 horas de viagem aproximadamente. Chegando em Joanesburgo, no Hotel da Nomad, peguei um transfer até o Hotel que havia reservado, bem próximo do aeroporto, pois no dia seguinte, eu já retornaria ao Brasil.

15/05/2015 – RETORNO DA ÁFRICA DO SUL PARA O BRASIL

Acordei bem cedo e peguei o transfer gratuito do Hotel Holiday Inn para o aeroporto. Foram cerca de 10 horas de viagem de Joanesburgo para São Paulo num voo tranquilo.

África do Sul, uma viagem incrível
África do Sul, uma viagem incrível

FIM DA VIAGEM PELA ÁFRICA DO SUL!

Espero ter contribuído com este relato sobre a África do Sul! Coloco-me a disposição para ajudar aos leitores do Vai que Viajo que pretendem conhecê-la, país que adorei e digo que vale muito a pena mochilar e desbravar! Deixe sua pergunta nos comentários!

Gostou da viagem do Cleiton pela África do Sul? Então conheça aqui outras histórias dos Amigos por aí do Vai que Viajo!